Webmail

DISCURSO DE POSSE NA CAEMA

Davi Telles*

Gostaria de, inicialmente, pedir licença para quebrar o protocolo de cumprimentos, e começar saudando na mesa, antes de todas as autoridades, o presidente do STIU - Sindicato dos Urbanitários do Maranhão, José do Carmo, e, em nome dele, cumprimentar todos os trabalhadores e trabalhadoras da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão. Faço isto por entender que a maior força desta empresa são os seus mais de 2.000 trabalhadores e trabalhadoras efetivos.


Quero cumprimentar os representantes dos Três Poderes estaduais na mesa: o Exmo. Sr. Vice-Governador do Maranhão Carlos Brandão, que nos honra muito com sua presença e representa neste ato o Governador Flávio Dino, nosso líder desse momento de mudança e esperança que começa a viver o nosso estado; a Vice-Presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, Desembargadora Anildes Cruz; e o Deputado Estadual Bira do Pindaré, meu companheiro de lutas por dias melhores e amigo querido, que representa neste ato a Assembleia Legislativa do Maranhão.


Saudar o presidente da CAEMA que se despede do cargo, João Moreira Lima, que nos honra com sua presença na mesa, e também o novo presidente do Conselho de Administração da Companhia, Dr. Marcos Pacheco, Secretário Estadual de Saúde, que muito me alegra em estar presente nesta mesa.


Cumprimentar o Senador do Maranhão, Roberto Rocha, dizer que nos sentimos muito honrados com sua presença e dizer-lhe, desde já, que precisaremos muito da sua ajuda no Senado da República.


Saudar o Deputado Federal (eleito) Rubens Jr., meu bom amigo, ressaltando que tenho absoluta certeza de que fará um grande mandato na Câmara Federal em representação ao povo do Maranhão.


Cumprimentar o Secretário de Governo do Município de São Luís, Lula Filho, que representa nesta cerimônia o Prefeito Edivaldo Holanda Júnior, e dizer-lhe, de plano, – a ele e a toda a população de nossa capital- que a CAEMA tem, como uma de suas prioridades, a partir de agora, a eliminação da intermitência no fornecimento de água tratada na nossa cidade.


Saudar, de maneira muito especial o representante da Justiça Federal da 1ª Região neste ato, o Juiz Federal Ivo Anselmo Höhn, e, em seguida, cumprimentar, também de maneira muito especial, o Ministério Público Federal e todos os seus Procuradores da República no Maranhão, na pessoa da Procuradora-Chefe, Dra. Carolina da Hora; e o Ministério Público Estadual em nome do Promotor de Justiça de Defesa do Meio Ambiente, Dr. Fernando Barreto. Ao fazer esta saudação, aproveito para afirmar, de maneira clara, que tomaremos a iniciativa, a partir deste momento, de promover uma relação de respeito, acatamento e diálogo permanente com todo o Sistema de Justiça.


Nos próximos dias, tomarei a iniciativa de requerer audiências e reuniões com todos os membros do Judiciário e do Ministério Público cuja atuação de alguma forma tenha relação com as responsabilidades e atribuições da CAEMA.


Cumprimento o vereador de São Luís Nelsinho Brito, representante da Câmara Municipal de São Luís nesta cerimônia, meu grande companheiro de sonhos e lutas.


Saudar o Presidente da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental – ABES-, Carlos Rogério Santos Araújo, e dizer que a contribuição da entidade que representa será solicitada muito frequentemente por esta Presidência.


Quero cumprimentar e desejar sorte aos Diretores que ora tomam posse comigo, a Diretora Administrativa Financeira, Engenheira Kelsilene Duarte, que neste primeiro momento acumula também o exercício da Diretoria Comercial da Companhia, o Diretor de Operações, Engenheiro Nelson Cavalcanti, e o Diretor de Engenharia e Meio Ambiente, Engenheiro José Luiz Bastos.


Saudar minha família em nome da minha mãe, Viviane, que me criou para ser um homem íntegro, solidário e amoroso, e do meu meu pai, José Augusto, minha referência de força e de trabalho.


Movimentos Sociais, amigos de hoje e de sempre, companheiros de luta, colegas de Profissão, senhoras e senhores.


O Maranhão vive possivelmente o momento mais especial e marcante de sua História recente. Um movimento político que propõe mudança e encarna com muita clareza a esperança do povo maranhense por dias melhores acaba de ser escolhido democraticamente, por quase dois terços da população maranhense, para governar o nosso estado e superar os desafios de desenvolvimento que nos são impostos pelos dramáticos índices sócio-econômicos que amargamos. Tenho muito orgulho de pertencer a este grupo e de ter sido escolhido pelo seu líder, o governador Flávio Dino, para dirigir a mais importante empresa pertencente à estrutura do Estado.


Poderia muito bem dizer que a CAEMA é o que há, dentro da estrutura do Estado, de mais vital. Aliás, não estaria exagerando se dissesse que de nós depende, em grande medida, o trabalho de boa parte dos meus colegas secretários de governo, notadamente o trabalho do presidente atual do nosso Conselho de Administração, o Secretário de Saúde, já que 80% das doenças do mundo estão ligadas ao abastecimento de água e ao tratamento de esgotos. De nós depende boa parte do sucesso da Secretaria de Meio Ambiente, de Agricultura, das Cidades, da Infra-Estrutura, da Educação e de tantas disciplinas administrativas.


Por onde ando, todos dizem que o meu desafio é um dos maiores do Governo. Muitos dizem que estão rezando especialmente por mim. Agradeço às orações, peço que continuem orando, mas informo que estou trabalhando e estudando muito a CAEMA desde que fui anunciado pelo Governador: me cercando de muitos dos melhores técnicos e cada dia mais convencido de que esta Companhia formula soluções para os problemas com uma intensidade incrível.


Nosso desafio, portanto, penso eu, é convergir e integralizar, de forma organizada, e a partir de procedimentos de gestão modernos, essas tantas inteligências especiais da CAEMA em sentimento e raciocínio agregadores, a partir de objetivos comuns, políticas claras, padronização de condutas e rotinas administrativas, respeito às pessoas e ao meio ambiente, tendo como ponto de partida alguns importantes princípios, quais sejam, moralidade e honestidade no manejo dos recursos públicos, eficiência administrativa máxima, diálogo institucional e respeito aos nossos clientes – a população de quase 150 cidades do Maranhão.


Temos algumas metas finalísticas e procedimentais, das quais podemos ressaltar algumas:


- medidas para evitar qualquer problema de descontinuidade nos serviços já prestados;


- contratação imediata de auditoria externa que diagnostique a situação econômico-financeira da Companhia. Aqui faço questão de ressaltar que não estamos tratando de qualquer inciativa de perseguição a quem quer que seja. Não esperem de mim –nem deste Governo, como bem tem frisado o Governador Flavio Dino- ações revanchistas ou persecutórias. Falo da necessidade imperiosa de se promover uma auditoria externa na CAEMA em razão da natureza inconclusiva dos relatórios anuais obrigatórios dos Auditores Independentes nos últimos 4 anos. Para isso, implantaremos Comissão de Acompanhamento e Subsídios ao trabalho dos Auditores;


- fortalecimento da Comissão de Planejamento Estratégico e priorização deste recurso como ferramenta essencial de gestão. Essas duas palavras mágicas serão muito pronunciadas na CAEMA nos próximos anos. E serão também praticadas: PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO;


- elaboração de uma Reestruturação Organizacional que racionalize a organização dos diversos setores da Companhia;


-elaboração e implementação da Política Ambiental da Companhia;


- estudo aprofundado do passivo judicial e sistematização interna com o intuito de resolução estratégica dessas demandas e de implantação de política de acordos judicias. Neste ponto, vale repisar a necessidade de fortalecer a relação institucional com todo o Sistema de Justiça;


- implantação de lógica de diálogo frequente com o Sindicato;


- melhoria na relação com o Poder Concedente;


-garantia de recursos para inaugurar o Programa de Eliminação da Intermitência no Abastecimento de Água de São Luís, com a necessária obra de reforço de vazão e troca dos pontos de estrangulamento da malha distribuidora e do parque como um todo;


-Implantação do Programa Água Para Todos a começar pelos municípios com menor Índice de Desenvolvimento Humano do estado, com a criação de sistemas produtores e de distribuição;


-Priorização na desobstrução dos empecilhos ao desenvolvimento dos Sistemas de Esgotamento Sanitário de São Luís, com recursos do PAC, os quais, com exceção do Sistema Vinhais, se encontram com diversos tipos de problema procedimentais;


> - Implantação de um vigoroso Programa de Combate a Perdas, que nos permita sair dos índices calculados entre 60 a 65% de perda de água tratada, com ações que vão desde a priorização da implantação racional e planejada de micromedidores até o avanço nas ações de adequação e de atualização cadastral;


- Investimento em Macromedição com o intuito de eficientizar a distribuição;


- Investimento vigoroso em tecnologia que possibilite desde a atualização dos nossos sistemas internos de TI (contabilidade e outros) até a necessária automação do monitoramento de reservatórios e do Parque como um todo;


- redução progressiva do déficit financeiro mensal que varia entre 10 e 12 milhões de reais/mês;


- auditoria e negociação da dívida interna, que precisa ser medida com profundidade, e que pode variar entre 500 a 750 milhões, a depender do método de avaliação (como a inclusão de ações judiciais com probabilidade de perda ou não);


- Reduzir gastos com energia elétrica a partir de programa de eficientização;


-Abrir espaço financeiro para viabilizar a contratação de empregados concursados;


- Fortalecer a Diretoria de Projetos (atualmente Diretotia de Engenharia e Meio Ambiente);


- Estabelecer estratégia agressiva de recuperação dos créditos constantes da dívida ativa, que giram em torno de 470 milhões se contarmos o período imprescrito. Isto inclui um plano de renegociação e formalização de contratos de êxito com empresas privadas com reconhecida expertise nesse mister;


E tantos outros objetivos e diretrizes que seremos capazes de realizar na medida em que possamos aprender com as experiências bem sucedidas no Brasil e no mundo e, principalmente, se conseguirmos motivar os funcionários desta Companhia em torno de um grande projeto.


Tenho dito que estou, por um lado preocupado, e, por outro, bem animado. Nossa disposição, minha e da Diretoria que assume comigo essa missão, é de fazer história com essa gestão da CAEMA. Uma história que se inspira na plenitude da vida, que só pode ser alcançada com água e saúde. Com direitos assegurados e igualdade de oportunidades, e estes começam exatamente aqui, nas políticas de saneamento.


Que possamos nos inspirar nos melhores sentimentos e valores humanos para desempenhar nossa missão: solidariedade, comunhão, honestidade, respeito à natureza e à vida, igualdade, obstinação, força de vontade, idealismo, e, claro, no que temos de melhor em nós, o Amor.


Costumo sempre usar como símbolo, nos momentos importantes da vida, a síntese que considero ser a imagem do meu Santo Guerreiro de devoção, São Jorge, que, ao defender os valores cristãos como soldado idealista, por um lado, empunhava a espada da luta por Justiça e Dignidade, e, por outro, trazia cravada na armadura a rosa do Amor no peito. Essa é complementariedade que dá sentido à vida: a luta eterna que é viver por causas e valores; e o Amor como sentimento maior regente de nossas vidas. Inspiremo-nos nessa linda complementariedade da vida, companheiros, a luta e o Amor.


Obrigado, e vamos juntos revolucionar o Saneamento Ambiental no Maranhão.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CAEMA - Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão - Rua Silva Jardim, 307 - Centro, São Luis-Ma, CEP: 65.020-560

Ver localização no mapa
Fone: (98) 3219 5000
© 2016 - Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão