Projeto de combate ao Mosquito Aedes Aegypti

 

 

 A Coordenadoria Socioambiental realizou em 2016 o Projeto de combate ao mosquito Aedes Aegypti no ambiente de trabalho. O projeto incluiu aplicação de questionários para funcionários da CAEMA e colaboradores e parceria com a Secretaria Municipal de Saúde – SEMUS para realização de palestras. A fim de mapear entre os empregados da CAEMA e seus familiares as pessoas que já foram acometidos por alguma doença causada pelo mosquito Aedes Aegypti, foram aplicados 511 questionários onde foram coletadas informações que serão encaminhadas aos órgãos competentes para compor os índices de casos de dengue, zika e chikungunya no estado. Em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde – SEMUS, foi desenvolvido um ciclo de palestras envolvendo 155 funcionários das Unidades de Negócio do Anjo da Guarda, Centro, Cidade Operária, Cohab, e Vinhais; dos Sistemas de Abastecimento de Água Italuís e Sacavém, e da Sede Administrativa, onde foram abordados o reconhecimento e combate ao mosquito Aedes Aegypti, as doenças transmitidas por ele, seus sintomas e formas de denúncia de focos observados, com o objetivo de sensibilizar nossos empregados a tornarem-se multiplicadores de ações e informações no combate ao mosquito.

 

 As ações da CAEMA em relação ao combate ao mosquito Aedes Aegypti continuam com a participação da EMARS nos Comitês Municipal e Estadual de combate à Dengue, Zika e Chikungunya.