Retrospectiva – Durante a pandemia, Maranhão construiu 20 sistemas de abastecimento em 14 cidades com o Água Para Todos

O Governo do Maranhão construiu 20 Sistemas de Abastecimento de Água (SAA) em 14 cidades do estado durante o ano de 2020. Com quase R$ 20 milhões investidos, sem contar as obras de esgotamento sanitário, essas estruturas beneficiam mais de 137 mil maranhenses. A maior parte delas foi entregue pela Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) após a pandemia, período em que a população mais precisou de água tratada e encanada.

Ao todo, foram mais de 34 mil famílias atendidas com água em suas residências. Só no primeiro semestre, ponto alto da pandemia, mais de 35 mil pessoas foram diretamente beneficiadas. “As obras fazem parte do Programa Água para Todos, do Governo do Estado, cujo objetivo é melhorar a qualidade de vida da população maranhense”, explica o presidente da Caema, André dos Santos Paula.

Entre os sistemas de abastecimento construídos pela gestão estadual, o mais recente foi o da cidade de Vargem Grande. Em fase de acabamento e testes, a Estação de Tratamento de Água (ETA), que está prestes a ser entregue, foi projetada para atender toda a população do município, ou seja, mais de 56 mil pessoas, o equivalente a mais de 14 mil famílias daquela cidade.

Sistemas entregues

Estão na lista de cidades com sistemas prontos e entregues pelo Governo do Maranhão: São Vicente Ferrer, no bairro Santa Rita de Cássia; Dom Pedro; Coroatá, onde os equipamentos foram instalados nos povoados de Igarapé Grande e Pau de Estopa; São Domingos do Maranhão; Imperatriz, nos bairros Zenira Fiquene, Vila Macedo e Vilinha; e Alto Alegre, mais precisamente no bairro Caxuxa.

Também foram contemplados com sistemas de abastecimento de água os municípios de Governador Archer; Esperantinópolis, este com dois sistemas próprios; Governador Eugênio Barros; Cajapió; Buriticupu e Arame. Já no município de São Luís, os sistemas de abastecimento de água foram entregues recentemente às populações dos bairros Santa Clara, Pão de Açúcar e Cajupary.

No cronograma de abastecimento, outras cidades seguem com obras em andamento. Em Gonçalves Dias e Senador La Rocque estão em construção os sistemas de abastecimento; na cidade de Pinheiro são realizados serviços nos decantadores da Estação de Tratamento de Água (ETA); em Imperatriz está em curso a obra da adutora de água tratada e reservatório; e em São Vicente Ferrer, no Povoado Santa Rosa, será entregue mais um sistema de abastecimento; além de outras obras.