Regionalização do Saneamento Básico no Maranhão foi tema de audiência pública em Santa Inês

 
Representantes da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) participaram, nesta quarta-feira (24), na cidade de Santa Inês, de audiência pública sobre a Regionalização do Saneamento Básico no Maranhão. O momento, presidido pelo deputado estadual Rafael Leitoa (PDT), contribui para que a população conheça a proposta e possa opinar sobre o tema.
 
"O objetivo principal da audiência é o debate sobre o Projeto de Lei de autoria do poder executivo que trata da Regionalização do Saneamento. Essa audiência pública se realiza em Santa Inês devido a ela ser uma cidade polo. Aqui iremos discutir esse Projeto de Lei e como será o futuro do saneamento no Maranhão", informou o deputado. 
 
A audiência pública, realizada no auditório do IEMA, localizado na rua Olho d' Água, bairro Coheb, em Santa Inês, destacou  pontos relevantes do Projeto de Lei que cria as Microrregiões  de Saneamento. Na oportunidade, o diretor de Engenharia e Meio Ambiente da Caema, Carlos Rogério Santos Araújo, falou sobre estas propostas. 
 
"A proposta visa dividir o estado em quatro grandes regiões (Centro-Leste, Noroeste, Norte e Sul), garantindo que cada região possa administrar suas áreas com autonomia, respeitando a autonomia dos municípios, garantindo o financiamento das regiões mais pobres através do subsídio cruzado, apresentando soluções de saneamento nas áreas rurais, assim como a manutenção de tarifas acessíveis aos consumidores”, explica Carlos Rogério. 
 
A participação popular, de sindicatos, membros das administrações municipais, assim como de profissionais do saneamento básico foi massiva e garantiu que, durante as intervenções, vários pontos importantes fossem levantados e discutidos em forma de comentários, questionamentos ou sugestões. A diretora de Gestão Administrativa, Financeira e de Pessoas da Caema, Maria Edna Portela do Carmo Velez, também esteve presente. 
 
As próximas audiências serão realizadas nas cidades de Caxias e São Luís. Os eventos contam com a participação da Assembleia Legislativa do Maranhão, Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), Agência Estadual de Mobilidade Urbana e Serviços Públicos (MOB), Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) e da CAEMA.